You are here:  / Dinheiro / Renda Residual e Linear: Entendendo a Diferença de Uma Vez Por Todas!

Renda Residual e Linear: Entendendo a Diferença de Uma Vez Por Todas!

Todo aspirante à empreendedor, já ouviu pelo menos uma vez na vida as terminologias Renda Residual e Renda Linear.

Acontece que boa parte dessas pessoas não conseguiu entender o significado e ficou com um belo nó na cabeça  😆 .

Se você é umas dessas pessoas, não se preocupe, hoje essas terminologias farão sentido para você!

Minha missão nesse post é exatamente te explicar da forma mais simples possível o que é e qual a diferença entre elas.

Antes de passar a definição por escrito, quero te mostrar um videozinho que encontrei online sobre o assunto.

É bem fácil de entender.

Renda Linear

Como você viu no vídeo, a renda linear é a renda tradicional. Aquela que recebemos pelo trabalho. Literalmente, trocamos tempo por dinheiro.

Se o funcionário, cumprir a carga de trabalho mensal, receberá o salário. Se faltar, não receberá pelo dia que faltou.

Por mais que sejamos esforçados e que estejamos dispostos à trabalhar o máximo possível para comprar o que desejamos, sempre haverá um problema nesse tipo de renda, a limitação das horas, afinal o dia tem apenas 24 horas.

Sendo assim, viver apenas da renda linear não é uma boa opção para o futuro.

Aliás, além de sermos limitados pelo tempo, chegará um momento em que não teremos o vigor de hoje para trabalhar. Com isso teremos que trabalhar menos e ganharemos cada vez menos.

Para garantir um futuro melhor, o ideal é usar parte da renda linear hoje para criar uma renda residual no futuro.

CLIQUE AQUI E LEIA TAMBÉM: 10 Ideias Empreendedoras Baratas

Renda Residual

renda-residual-investimentos-renda-passiva-renda-linear

Você provavelmente conhece alguém que tem casas alugadas e que vive desses aluguéis. Esse é um exemplo perfeito de renda residual, também conhecida como renda passiva.

A renda residual é aquela que NÃO precisamos trabalhar para receber. Literalmente, podemos estar em qualquer lugar do mundo, fazendo o que quisermos, que o dinheiro continuará sendo gerado.

Para ficar ainda mais claro e conseguirmos entender de uma vez por todas a diferença entre os dois tipos de renda, vamos analisar o exemplo das casas de aluguel.

  • Renda linear: renda gerada enquanto o dono trabalhava. Parte dessa renda foi investida na construção/compra das casas.
  • Renda residual: renda que o dono recebe agora dos aluguéis, sem precisar trabalhar.

O mesmo acontece com pessoas que trabalham profissionalmente com marketing multinível, negócios online, tem investimentos em ações, etc.

Essas pessoas trabalham por um tempo construindo o patrimônio e depois vivem dos rendimentos desse patrimônio.

CLIQUE AQUI E LEIA TAMBÉM: 3 Principais Erros do Empreendedor Iniciante

Ficou claro ou não?

Acho que mais claro que isso impossível né?! Você conseguiu entender?

Bom agora é sua vez de pegar esse conhecimento e aplicar na sua vida.

Como viu, a renda linear tem que ser a ponte para alcançarmos a renda residual.

Não é inteligente passar a vida inteira somente trabalhando e gastando o dinheiro que ganha.

Comece hoje mesmo a separar nem que seja uma pequena parte do seu salário para investir no futuro, para que quando estiver mais velho possa desfrutar de uma vida de qualidade sem ter que trabalhar ou depender do INSS.

#Dica

Uma ótima opção de investimento é o Tesouro Direto, você já ouviu falar?

Vou deixar um vídeo abaixo do Canal Me Poupe! Nesse vídeo a Nath faz o cálculo e prova como vale mais a pena guardar dinheiro no Tesouro. Confere aí:

De uma forma bem simplificada, o Tesouro Direto é um investimento em que você empresta dinheiro para o governo e recebe os juros do empréstimo. É como uma poupança, porém com rentabilidade maior.

Os riscos são bem pequenos e é possível começar investindo R$ 30,00 por mês.

Gostou da ideia?!?! Se quiser saber mais sobre investir no Tesouro Direto, CLICA AQUI.

Comecei a estudar sobre o assunto à pouco tempo e já estou com raiva de mim mesma por ter usado a poupança por tanto tempo.  😡

Esse post pode ser útil para mais alguém, seja legal e compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Comecei a trabalhar fora aos 14 anos. Aos 22, abri uma loja de sucesso em minha cidade. Porém, quatro anos depois, meu nível de estresse superava os lucros. Foi então que resolvi buscar uma alternativa de negócio que pudesse desenvolver em casa ou em qualquer lugar, desde que fosse longe de tudo aquilo. Nesta época descobri um mundo novo a partir da internet. Ganhar dinheiro, estudar, malhar... são algumas das inúmeras oportunidades que encontrei em casa.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

Show Buttons
Hide Buttons